Costa Cruzeiros pronta a recomeçar


Costa Cruzeiros apresenta o Costa Safety Protocol, aguardando o reconhecimento do Rina, que permitirá levar a máxima segurança a bordo em pouco tempo, assim que as autoridades o permitam.

O protocolo de saúde especial foi desenvolvido pela Costa Cruzeiros com a ajuda de um grupo de especialistas independentes em saúde pública, coordenados pela V.I.H.T.A.L.I. (Value in Health Technology e Academy for Leadership and Innovation), spin-off da Universidade Católica de Roma.
“Como primeira coisa – declara a Companhia – no que diz respeito ao equipamento do navio, a Costa está a implementar medidas para o screening preliminar de cada funcionário, já no país de origem, que compreendem dois testes com zaragatoa para o COVID-19. À chegada em Itália os funcionários são submetidos a um terceiro teste com zaragatoa e os forem negativos são admitidos a bordo, respeitando um período de “quarentena” de 14 dias. Durante todo o período a bordo, as suas condições de saúde são monitorizadas constantemente com controlos da temperatura diários e testes com zaragatoa a cada 30 dias”.
A limpeza e a higienização serão efetuadas mais frequentemente e com produtos específicos, enquanto novos filtros asseguram a maior recirculação possível de ar externo. Os serviços a bordo serão reorganizados, mas não perderão qualidade: os espetáculos, por exemplo, serão repetidos várias vezes ao dia para pequenos grupos de pessoas, enquanto nos restaurantes não estará mais disponível o serviço “self service”, mas todas as refeições serão servidas pelos funcionários.

Para proteger os passageiros usar-se-á muita tecnologia: do check-in e auto-certificado médico online, que pode ser realizada em casa antes da partida às reservas de serviços a bordo. Antes do embarque estão previstos controlos sanitários ainda mais estritos, com medição da temperatura corporal a todos os hóspedes que será efetuada, também, em cada desembarque e embarque no navio em todos os portos de escalas compreendidos no itinerário e, uma vez a bordo, será disponibilizada em todos os momentos graças a dispositivos eletrónicos self-service. O distanciamento físico será respeitado, quer no terminal, quer nas excursões a terra, que foram desenhadas com grupos restritos de pessoas e partidas escalas, com autocarros higienizados antes e depois de cada uso.

A bordo a assistência médica será garantida 24 por 24 horas a todos os passageiros e tripulação, equipados com kits teste com zaragatoa e dispositivos de diagnóstico autorizados pela União Europeia para a validação imediata de casos suspeitos de COVID-19. Em caso de emergência estarão disponíveis protocolos de isolamento de desembarque para eventuais passageiros contagiados. Os serviços médicos ligados a estes sintomas de covid-19 serão gratuitos e seguros especiais irão proteger de eventuais despesas consequentes.

O uso de máscaras, sobre as quais muitos se interrogam ao falar de cruzeiros neste difícil período, será obrigatório nos ambientes internos, enquanto que nos externos será pedido em todas as situações em que não seja possível manter o distanciamento físico, segundo as normas vigentes também em terra.

Atualizações sobre o protocolo, medidas sanitárias e próximas partidas da Costa Cruzeiros no Cruising Journal, com Reviews, Fotos e Vídeos.

Gabriele Bassi

 

Comments