Spectrum of the Seas: um navio para a Ásia


Quarta unidade de classe Quantum, mas, na verdade “Quantum Ultra“, a Spectrum of the Seas foi projetada pela Royal Caribbean International para o mercado asiático. Lançada em abril de 2019 nos estaleiros navais alemães, a Meyer Werft estabeleceu imediatamente rumo para a China, onde o primeiro ciclo de cruzeiros será iniciado.

O número de Spectrum of the Seas são os dos gigantes mais recentes do mar, embora inferiores aos da classe Oasis da Royal Caribbean, ainda mais impressionantes. Com os seus 347 metros de comprimento, acomoda mais de 4000 passageiros, numa vasta tipologia de cabines para todas as necessidades. Acima de tudo, mencionamos o sensacional Ultimate Family Suite, uma verdadeira “casa” no mar com 260 metros quadrados distribuídos em dois níveis e 11 lugares.

As inovações introduzidas pelo projeto Quantum Ultra são muitas e não apenas destinadas a melhorar a receção para o público asiático. Por exemplo, uma área exclusiva para hóspedes da suíte, dividida nos conveses de 13 a 16; e subdivididos em Golden e Silver. Aqui encontrará salões exclusivos, instalações de restauração, um terraço privado e até mesmo The Boutique, uma loja para compras personalizadas.

A oferta gastronómica do Spectrum of the Seas combina restaurantes de longa data em navios da frota com algumas novidades. Apenas um restaurante principal, a grande Dining Room, reúne os três restaurantes distintos que distinguiram a classe Quantum anterior. Agora atente os restaurantes como o Jamies’ Italian, o Chop’s Grill, e a Chef’s Table. Mas também o Izumi mais especial, dedicado ao mundo do sushi, e Wonderland, que o levará a um mundo encantado, aqui guarnecido pelo famoso chef Dong Zhenxiang! Finalmente, o Sichuan Red, localizado na Royal Esplanade, oferece cozinha de fusão num ambiente bonito, luminoso e acolhedor.

Existem dois restaurantes buffet: o famoso Windjammer, no convés 14, com inúmeras ilhas especializadas e a área dedicada ao Hotpot, e, no convés 5, o Cafè Two70°, aberto horas extras também à tarde. A pizaria Sorrento’s muda de localização para o Spectrum of the Seas, e a encontramos no convés 14 ao lado do Windjammer. No lado oposto do mesmo convés também está o Teppanyaki, com cozinha expressa oferecida aos clientes mesmo em frente aos seus olhos.

Mesmo entre os lounges, há nomes agora queridos à Royal Caribbean International. Na Royal Esplanade, a inevitável galeria interna que tornou a frota famosa, há lojas e serviços. O Port Merchant oferece lembranças, presentes e roupas. Uma pequena farmácia é adicionada a outras lojas de maior prestígio, que durante a navegação expõem os artigos também ao longo da caminhada.

Na proa há acesso ao Royal Theatre, distribuído em vários níveis. Também na área de proa, no lado de estibordo há duas áreas VIP reservadas para o casino e, no centro da Esplanada, o Leaf and Bean, um salão de chá chinês com lanches agradáveis ​​e uma combinação bizarra de chá com outros ingredientes, como queijo ou café. La Patisserie, em frente ao Sichuan Red, oferece lanches adicionais durante a maior parte do dia, com chá e café sempre disponíveis para os hóspedes. O Star Moment, dedicado principalmente ao karaoke, fecha o Royal Esplanade em frente do Guest Service.

Distribuído nos conveses 3 e 4, o grande Music Hall é o ambiente ideal para ouvir música ao vivo confortavelmente imersa nas elegantes poltronas de veludo. Talvez antes de se lançar numa peça no Casino Royal, no convés 3, muito grande, localizada sob a Royal Esplanade.

Mas os clubes históricos da frota da Royal Caribbean são também os Vintages, dedicados a vinhos de prestígio, ou o inevitável Schooner Bar, que sempre dá a emoção de tomar um aperitivo a bordo … de um veleiro. O Bionic Bar, localizado aqui na ponte 5, ao longo da varanda da Royal Esplanade, é também uma tradição mais recente, mas agora bem estabelecida. A incrível Two70° fecha o mesmo convés na popa 5, oferecendo espetáculos sensacionais com uma visão de 270 graus do mar e enriquecida pela tecnologia Vistarama que projeta imagens em janelas panorâmicas.

Tudo o que torna os navios da Royal Caribbean “wow” continua nos conveses mais altos e nos conveses externos. O Seaplex é uma grande área de entretenimento que inclui tudo, desde carrinhos de choques até patinação. O inovador Sky Pad é um trampolim para bungee jumping com realidade virtual, enquanto nós já sabemos, mas não estamos entediados de admirar, a North Star, a grande cápsula panorâmica capaz de subir até 90 metros acima do nível do mar com uma visão de 360​​° do alto. Não é novo, mas é também incrível, o RipCord da iFly, um simulador de para-quedismo e o inevitável FlowRider enriquecem o panorama das atividades a bordo, juntamente com a parede de escalada.

Os conveses superiores do Spectrum of the Seas abrigam na proa o belo Solarium, o ambiente com camas, áreas de relaxamento, vários tipos de jacuzzi, onde pode descansar com uma visão de 270 graus do mar. No centro do navio há duas piscinas, uma das quais é coberta e cada uma servida pelo seu próprio bar e por muitas jacuzzis.

Entretenimento para crianças e adolescentes também é muito agradável e rico em locais dedicados. No convés 15 há uma sala de jogos e uma discoteca para adolescentes. O Adventure Ocean, por outro lado, ocupa dois conveses que oferecem vários tipos de entretenimento em diferentes ambientes divididos pela idade dos pequenos passageiros de cruzeiro. A Splashaway Bay, no convés 14 do Lido, oferece uma série de pequenas aventuras “aquáticas”. Os amantes da prática de fitness encontram um agradável trilho de jogging fora do convés 15, o ginásio e área de spa no convés 13, na zona de proa. A sala de aeróbica é flanqueada por outras salas divididas com vários equipamentos de vanguarda.

O Spectrum of the Seas, primogénito da classe Quantum Ultra, surpreende pela capacidade de combinar as atrações “wow” mais inovadoras, cada vez mais tecnológicas e atraentes, com uma série de locais mais tradicionais que ainda são capazes de transmitir a sensação de estar no meio do mar, como um navio deve sempre saber como fazer.

Não perca a galeria de fotos completa e todos os comentários com as opiniões dos utilizadores do Cruising Journal.

Gabriele Bassi

Últimas reportagens